Cícero lança terceiro disco da carreira, com canções autorais: “Sou um cara isolado e dessa solidão veio minha forma de levar a vida e fazer música”

. . Nenhum comentário:

Aos 28 anos, o cantor carioca Cícero está cada vez mais conquistando seu espaço na cena alternativa. O destaque começou com o primeiro disco, Canções de Apartamento, álbum que rendeu a Cícero dois prêmios Multishow, em 2012.

No ano seguinte, Cícero lançou Sábado e, da mesma forma que o primeiro disco, disponibilizou para download gratuito em seu site oficial. E o mesmo aconteceu com o recém-lançado A Praia, em que o cantor optou por produzir sozinho, além de todas as dez canções serem assinadas pelo cantor.

“Nos dois primeiros discos tive parcerias. Com Jorge Junior e Bruno Schulz, dois amigos queridos. No A praia não, são todas composições minhas. Não é questão de preferir, mas de ter me acostumado a fazer tudo sozinho, no geral. Desde criança sou um cara isolado, solitário, e dessa solidão veio minha forma de levar a vida e, consequentemente, de fazer música", disse Cícero em entrevista ao Farol Pop.

E o nome A Praia tem um motivo especial: “O fato de ter me mudado do Rio de Janeiro, uma cidade de praia, para São Paulo, uma cidade de prédios”, explicou o cantor.

Mas Cícero contou com amigos músicos para os arranjos das canções de A Praia. “Na produção sou eu e o Bruno Schulz. Chamei alguns amigos pra ajudar nos arranjos. O Gabriel Ventura, que já toca comigo, o Uirá Bueno, que também toca, o Felipe Pacheco, que toca no Baleia, o Felipe Pinaud, o Altair e o Marlon, que fazem os sopros da orquestra imperial”.

Cícero confessa que não foi difícil a escolha das dez músicas para o terceiro álbum da carreira e que o projeto tem um objetivo: “A mensagem principal que quis passar com A praia foi leveza. Leveza pra lidar com qualquer questão, até as pesadas”.

O cantor se mostra muito feliz pelos fãs que cada vez mais estão acompanhando seu trabalho e está aprendendo a aproveitar esse reconhecimento. “Fico feliz e tranquilo, já que não estou competindo com ninguém, por ver meu público crescer e me acompanhar na minha busca. Sou grato e tenho aprendido, inclusive, a curtir mais esse reconhecimento”.

Ouça abaixo o disco A Praia de Cícero:



Foto: Divulgação

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Siga-nos

Facebook

Newsletter

Translate