Parceria entre Chitãozinho e Xororó e Bruno e Marrone pode render DVD: “Precisamos de um nome para o projeto”

. . Nenhum comentário:

Duas das duplas mais consagradas do sertanejo dividindo o mesmo palco. Quem tiver a chance – e terá – de ver Chitãozinho e Xororó e Bruno e Marrone cantando juntos, assistirá a um espetáculo repleto de sucessos, hits consagrados, apresentados pelas duplas sertanejas.

Em São Paulo pela primeira vez juntos, o quarteto subiu ao palco do Espaço das Américas, em três apresentações no último fim de semana. O Farol Pop conferiu o primeiro dia de shows, com casa lotada e muita emoção dos fãs que cantaram juntos Evidências, Choram as Rosas, Por Um Minuto, Galopeira, entre tantos outros sucessos. E mesmo com o microfone de Bruno falhando nas primeiras músicas, não foi motivo para interferir na apresentação e muito menos ter sido problema para o público que se emocionou com o show.

Antes de subirem ao palco, Chitãozinho e Xororó e Bruno e Marrone conversaram com a imprensa, a respeito da parceria que teve início no tradicional rodeio de Barretos, em 2013, e se estendeu para outras cidades no interior e agora chegou à São Paulo.

“O show de Barretos foi improvisado, colocamos as duas bandas no palco, para a gente ter mais segurança, com menos ensaios”, lembrou Xororó.

“O mais complicado foi organizar a agenda das duplas”, disse Bruno durante a coletiva de imprensa realizada antes do primeiro show, na sexta-feira, 13 de março. E a escolha do repertório, para o cantor, foi ainda mais difícil.

“É complicado também, mas gratificante, porque tanto Chitãozinho e Xororó quanto Bruno e Marrone, graças a Deus, temos bastante sucesso e o difícil foi escolher a linkar uma música com a outra para o show ficar mais dinâmico”, contou Bruno.

Xororó completou: “A dificuldade maior é deixar música de fora”.

A sincronia entra as duplas não foi só possível ver em cima do palco, mas também durante esse bate-papo. Entre as brincadeiras de Bruno, risadas entre os cantores mostra que é uma parceria que deu certo e que pode se estender para outras cidades.

“Chitãozinho e Xororó colocam um limite de número de shows por mês, porque eles não precisam mais de dinheiro”, brincou Bruno, completando: “Eles limitam o número de shows de no máximo três por semana. É por isso que existe um pouco de dificuldade em fazer mais até para linkar uma agenda com a outra”.

Brincadeiras à parte, Bruno e Marrone mostram o respeito por Chitãozinho e Xororó, que foram referência para os cantores no início da carreira, cantando em bares: “O grande lance, além de nos darmos muito certo, foi o respeito da hierarquia do Chitãozinho e Xororó para Bruno e Marrone. A gente respeita muito. E as nossas equipes deram muito certo, se respeitam no palco”.

Xororó também falou sobre as equipes de cada dupla terem dado tão certo. “Acho que a equipe é o perfil do artista, então eles são muito profissionais e é por isso que deu muito certo, porque para cada equipe, a bola não cai. Um passa para o outro”.

E os fãs das duplas podem aguardar que há projetos para a gravação de um DVD e também de uma música inédita: “A gente tem uma proposta. O Bruno pensa muito rápido e na frente. Estamos começando algumas coisas. Ter o projeto e tomara que dê certo”, comentou Chitãozinho.

Sobre a possível música inédita, Xororó comenta que Bruno é quem é o responsável por essa parte mas, antes de tudo, “temos que encontrar um nome para o projeto”.

Veja fotos da primeira noite de shows de Chitãozinho e Xororó e Bruno e Marrone:






Fotos: Rosa Marcondes

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Siga-nos

Facebook

Newsletter

Translate