Entrevista: Fhabi Hanna quer destacar o pop no Brasil, com disco autoral. “As músicas são histórias da minha vida”

. . Nenhum comentário:

O pop remete ao gringo de forma espontânea. Praticamente isso. Quando a gente fala em músicas pop, para dançar, logo vem em mente: Rihanna, Beyoncé, entre outros nomes dos muitos que há na música internacional. Quando se fala em eletrônico também, não dá outra: David Guetta, Calvin Harris e por aí vai.

Mas uma cantora brasileira, amante do pop internacional, resolveu pegar essa batida e, com um jeitinho brasileiro – porém ajuda também lá de fora – está conquistando fãs e ainda cantando em português. A paulista Fhabi Hanna está conquistando seu espaço no mercado musical brasileiro, mas não pense que foi fácil.

“A minha ideia era fazer uma fusão do pop americano, como brasileiro. E aqui no Brasil, as pessoas achavam que a minha ideia era um pouco maluca, eles achavam que eu não faria música”, disse a cantora em entrevista por telefone ao Farol Pop.

Fhabi, que também foi modelo e atriz, está divulgando, aos poucos, canções de seu disco de estreia, que levará seu nome e tem lançamento previsto para este primeiro semestre. A última lançada foi Faz Parar o Tempo (ouça aqui) e mostra um pouco das influências musicais de Fhabi, como Justin Timberlake, Rihanna, Beyoncé, Britney Spears, Backstreet Boys, New Kids On The Block, entre outros.

“Todas as músicas desse disco são minhas, são histórias da minha vida, de coisas que eu já vivi. Eu fiz tudo, eu escolhi entre as músicas que eu tinha e a mensagem que queria passar para as pessoas”, explicou a cantora.

Mas não pense que, só porque Fhabi canta pop e tem influências internacionais que vai cantar em inglês. Não, ela quer cantar em português. “Eu quero que as pessoas saibam o que estou cantando, saibam a mensagem que quero passar”, destacou.

Apesar de toda essa vontade de destacar o pop brasileiro em sua terra de origem, a ajuda com a produção mesmo veio lá de fora. Fhabi conheceu ninguém menos que Manny Marroquin, que já trabalhou com nomes como Rihanna e Bruno Marns, e foi em uma brincadeira que o produtor aceitou trabalhar com ela.

“A gente se conheceu em Los Angeles, através de amigos em comum e eu já conhecia e tinha uma admiração enorme pelo trabalho dele. Ele fez uma brincadeira comigo falando que queria aprender a falar português. Eu fui e disse que daria um dicionário a ele se ele trabalhasse comigo. Eu fiz uma demo, expliquei o que queria para ele. Ele gostou e começamos a trabalhar”, contou.

A cantora ainda disse que este foi o primeiro trabalho de Marroquin com uma brasileira. “Ele me achou muito audaciosa e também achava que estava precisando de algo como meu trabalho aqui no Brasil. Ele curtiu minha música, minhas letras e isso foi sensacional”.

Fhabi agora está focada na divulgação de seu primeiro trabalho e, após o lançamento do disco, os fãs podem aguardar uma agenda de shows especial para eles.

Ouça também Jovens Demais, outro hit de Fhabi Hanna:



Foto: Reprodução / Site Oficial

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Siga-nos

Facebook

Newsletter

Translate