Zezé Di Camargo e Luciano registram turnê Flores em Vida em DVD, com clássicos e inéditas

. . Nenhum comentário:

Gravação de DVD é assim: podem acontecer imprevistos, atrasos, repetição de música que na hora o som não saiu legal e faz com que dure mais tempo que o previsto. Mas isso não desanimou os fãs de Zezé Di Camargo e Luciano que, na noite da última sexta-feira 16 de janeiro, escolheram São Paulo para a gravação do quinto DVD da carreira, registrando a nova turnê, Flores em Vida, não apenas com músicas inéditas, mas também com grandes clássicos dos dois filhos de Francisco, sob a direção de Joana Mazzucchelli.

Começando com a poesia declamada por Lima Duarte, Zezé e Luciano subiram ao palco cantando Seca Verde, levantando o público que lotou o Citibank Hall para acompanhar e contemplar a dupla sertaneja. Mesmo Zezé visivelmente com a voz rouca, os fãs continuaram a cantar em coro todas as canções, não decepcionando em nenhum momento na gravação, principalmente quando Luciano pedia para acompanharem nas palmas e nas coreografias.

Durante a gravação, os irmãos falaram sobre a escolha da capital paulista para o registro do quinto DVD da carreira. “A gente sentiu que a vinda das pessoas de outras regiões e estados para São Paulo seria mais fácil, por isso escolhemos aqui e também por gostar demais de São Paulo”. Luciano ainda ressaltou que não havia apenas pessoas de outros estados, mas também de outros países como Argentina e Paraguai, sendo lembrado por Zezé que o maior público da dupla foi na Argentina, quando cantaram para cerca de 150 mil pessoas.

Antes da gravação, a dupla ainda fez questão de postar em seu perfil no Instagram duas canções inéditas: O Defensor, composição de Fred Liel, e também Manda um Sinal. Todas as canções ainda tiveram, como foi na estreia da turnê, a participação de uma orquestra, formada por 12 cordas.

E Zezé fez um pedido especial aos fãs que estavam gravando e fotografando: não postarem os vídeos nas redes sociais. O cantor, que recentemente excluiu seu perfil no Instagram, implorou para que os fãs não postassem os registros do DVD, para não mostrar o projeto inacabado: “Podem filmar, fotografar, mas pelo amor de Deus, mas não coloquem nas redes sociais, porque vocês não sabem o quanto isso causa no trabalho da gente. Mostra pro amigo do lado, porque muita gente vai tirar conclusão antecipada do nosso trabalho, mas ele ainda não está acabado, remixado. Compreendido?”, pediu o cantor.


Voltando ao repertório, Zezé relembrou os tempos em que tocou em bailes e regravou um dos maiores hits de Bryan Adams, (Everything I do) I do it for you.

A dupla relembrou dois sucessos em um medley: Tão Linda e Tão Luca e Faz Mais Uma Vez Comigo, surpreendendo ao regravar esta última canção, que há muito tempo não tocavam em seus shows. E pela primeira vez, Luciano conseguiu registrar em DVD o sucesso gravado pela banda mineira Jota Quest, Do Seu Lado, que não falta no repertório dos shows da dupla.

Claro que É o Amor não ficou de fora desse trabalho. A música que levou Zezé Di Camargo e Luciano ao sucesso está chegando aos 24 anos de história, sendo cantada em coro pelos fãs. A música tema da turnê e do DVD, Flores em Vida foi o auge da gravação, com o público emocionando a dupla sertaneja.

Zezé e Luciano ainda registraram grandes clássicos da música sertaneja como Do Outro Lado da Cidade, de Guilherme e Santiago, e Ainda Ontem Chorei de Saudade, registada nas vozes de João Mineiro e Marciano.

Após a gravação, Luciano conversou com a imprensa a respeito desse projeto: “Vamos trabalhar o ano todo para pagar esse DVD”, brincou o cantor, dizendo que a turnê Flores em Vida vai para outras cidades, mas com uma estrutura menor. “Esse show vai diminuir de tamanho. A orquestra, por exemplo, não vamos levar pra estrada. Mas a gente já faz um DVD pensando no que vai poder levar para a estrada”. Os fãs podem aguardar que a nova turnê vai viajar o país após o lançamento do DVD que, segundo Luciano, está previsto para março ou abril deste ano.

Como a evolução do mercado, Luciano acredita que pela história que ele e Zezé di Camargo têm com a música, não há dificuldades em produzir um DVD hoje. “Eu acho que muito artistas que não têm ainda uma história como nós temos, acabam fazendo um trabalho em que vendem até a mãe para fazer uma grande produção que depois não consegue levar para nenhum outro lugar”, destacou.


E completou: “Artistas como eu e Zezé não temos dificuldades. O que eu sinto hoje é que fazer um CD com a tecnologia que tem é muito fácil. Vai lá grava e não precisa fazer o físico. Você vê shows maravilhosos na internet, mas não existe no mercado mesmo”.

Luciano ainda aproveitou para contar a história de uma das canções inéditas escolhidas para a gravação do DVD. O Defensor é composição de Fred Liel e foi Luciano quem levou a música para o projeto. “Nós estávamos no programa Caldeirão do Huck e falamos da Lei Maria da Penha. O Fred estava assistindo com a mulher dele e eles têm uma história relacionada à lei na família deles. Eles foram a um show nosso e, no camarim, ele não conseguia nem falar de tão emocionado que ficou e quem contou a história foi a mulher dele”.

“Depois, ele conheceu meu filho, mostrou a música pra ele e o Wesley me mostrou. Ela entrou no repertório pelas minhas mãos e olha que nem sou eu que escolho repertório, é meu irmão”, disse, completando que acredita que esta possa ser a próxima música de trabalho dele com o irmão.

E mais: Mulher de Luciano Camargo é a responsável pela produção dos violões tocados pelo cantor nos shows: "Só teve um que ela não fez"

Veja mais fotos da gravação (clique nas fotos para ampliá-las!)









Fotos: Farol Pop

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Siga-nos

Facebook

Newsletter

Translate