Com 10 anos de carreira, Zoom Boxx lança primeiro EP com músicas autorais; conheça o trio

. . Nenhum comentário:

Os irmãos Sidney e Felipe de Oliveira viviam de música nos Estados Unidos. No início, tocavam pop rock, música de barzinho, sempre mostrando suas raízes brasileiras. Mas, em 2003, junto com mais uma integrante, formaram o Zoom Boxx, focando no hip hop, pois perceberam que o estilo era bem recebido pelo público, já que é uma vertente muito forte no país. “Quando voltamos para o Brasil, formatamos o Zoom Boxx dentro da cena eletrônica e nos consolidamos desta forma”, disse o trio ao blog.

Em 2013, a terceira integrante do grupo seguiu um novo caminho e Sidney e Felipe fizeram um concurso entre os seus seguidores nas redes sociais. Eles já conheciam os trabalhos de Taty Cruz, atual vocalista do trio e a convidaram para participar do processo. “Já no primeiro teste, a sintonia foi incrível e já sabíamos que ela seria a cantora do Zoom Boxx”, contaram os irmãos.

Conhecidos com covers de hits de sucesso como Fell This Moment, gravado por Christina Aguilera e Pitbull, e também Get Lucky, sucesso de Pharrell Williams e Daft Punk, o trio agora aposta mais em canções autorais, lançando recentemente Skyes So Blu, com videoclipe gravado na China

“A China fez parte do processo. Aproveitamos os intervalos da turnê que fizemos por lá em 2013 para gravar, acordávamos às 4h da manhã para filmar na melhor luz, do começo do dia, e a produção foi toda nossa. O Felipe ficou responsável pela direção e nós nos dividimos em todas as posições: artista, câmera, iluminador, contra regra, etc. Até nosso empresário participou da produção!”, contou Sidney.

Sobre apostarem em canções autorais somente agora, o trio explica que já chegaram a lançar canções próprias, mas viram que apenas agora era o momento de apostar nisso. “Na verdade, trabalhamos um single, o Hey How You Be, há alguns anos e foi muitíssimo bem aceito entre os nossos seguidores. Mas, sentimos que este era o momento de dar mais identidade ao nosso trabalho, o que veio a calhar com a parceria de lançamento digital da Universal Music, então, estamos nos dedicando muito a esta nova fase”.

E essa nova fase começa literalmente nesta terça-feira. A Universal Music lançou o EP digital Spark, primeiro trabalho autoral do Zoom Boxx, com seis canções: Sinners Party, Bad Love, She Only 17 (B*tches Be Crazy), We Are Zombies, Get Line e Skyes So Blu. A venda acontece nas principais plataformas digitais. “Este é um momento muito importante para nós, é um passo incrível e uma oportunidade única de mostrarmos nossas composições. Queremos que os nossos fãs e público sintam toda a energia das nossas músicas”, destacam o trio.

Reconhecimento

O trio conta que, quando passaram a se destacar no cenário norte-americano com seus covers, tocando para várias tribos, não sofreram nenhuma discriminação. “Temos sempre essa ideia de que existe preconceito por sermos brasileiros e tocarmos no exterior, mas, na verdade, o mundo hoje é mais globalizado do que imaginamos. Os Estamos Unidos, por exemplo, é um país multicultural e lá sempre tocamos para várias tribos, além dos americanos propriamente ditos”, contaram.

E completam: “Como o inglês é a linguagem da música mundial e nós usamos esta língua para o nosso trabalho, americanos, latinos, europeus, asiáticos e muitos outros sempre cantaram com a gente em uma só voz!”

Música eletrônica no Brasil

Para o Zoom Boxx, a música eletrônica no Brasil está conquistando seu espaço aos poucos, por fazer parte de um grupo ainda muito fechado no país. Mas esse grupo fechado, está se abrindo e a cena está mesmo atingindo mais e mais pessoas. “As rádios brasileiras tocam, cada vez mais, as produções de Calvin Harris, David Guetta, Avicii e tantos outros. Nas baladas, apesar de termos o sertanejo, pagode e funk, que fazem parte da nossa cultura, o eletrônico é vital no repertório da maioria dos DJs e isso nos deixa mais certos de que a música, para se comunicar com o povo, não precisa de estilo nem de idioma, precisa apenas de boas ideias”.

Eles ainda citam o coreano Psy, que literalmente foi sucesso nos quatro cantos do mundo com Gangnam Style. “Ele lançou em coreano, uma língua que não estamos acostumados a ouvir e que foi tão bem aceita globalmente. Portanto, acho que não precisamos mudar o cenário musical, tem espaço para todo mundo. O que precisamos são de boas ideias, novos artistas e oportunidades para que estes artistas mostrarem sua genialidade, e genialidade o Brasil tem de sobra!”, finalizaram.

Conheça abaixo a canção Skyes So Blu, do Zoom Boxx:



Foto: Divulgação

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Siga-nos

Facebook

Newsletter

Translate