Após sete meses de internação, Netinho planeja volta ao Carnaval e lançar um livro

. . Nenhum comentário:

O cantor baiano Netinho deu um susto no fãs em 2013. Ele ficou internado durante 7 meses entre os hospitais Aliança (Salvador) e Sírio-Libanês (São Paulo). Quando deu entrada, o quadro era de infecção generalizada, hemorragia interna, trombose no braço e na perna esquerdos. Aos 47 anos, o cantor deu a volta por cima e, em uma entrevista à revista Contigo! desta semana, ele fala sobre seus projetos profissionais, que incluem a volta ao Carnaval (mas não o de Salvador ainda) e a vontade de contar sua história, que vai virar um livro.

“Eu me sinto um vitorioso por poder voltar à vida! Meu tratamento ainda não terminou, mas melhoro dia a dia. Minha voz ainda não está 100%, porém continuo firma nas sessões de fonoaudiologia e de reposição vocal. A tontura ainda não sumiu, mas está diminuindo. Devo ter, e tenho, muita paciência”, disse à publicação.

Depois de tudo o que passou, 2014 será literalmente o ano do recomeço de Netinho. E esse recomeço será de muita responsabilidade. Por ordens médicas, o cantor não poderá se apresentar no Carnaval de Salvador, pois não pode ficar nos trios, devido a sua movimentação, mas vai se apresentar no Rio de Janeiro – onde está morando hoje – como convidado do bloco de Preta Gil.

Após o Carnaval, Netinho vai se preparar para retornar aos palcos, com show agendado para o dia 5 de abril, no Citibank Hall, também na capital carioca.

Livro

A frase tatuada em seu braço, Nada Como Viver, pode ser a escolhida para ser o título do livro que Netinho pretende escrever, contando tudo o que passou. “Eu vou iniciar meu livro relatando o dia em que eu acordei no Sírio-Libanês, quatro dias após eu ter sido transferido de Salvador para São Paulo”.

Foto: Antonio Amado

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Siga-nos

Facebook

Newsletter

Translate