Novos projetos de casa sertaneja em São Paulo incluem aplicativos para compra de ingressos e relacionamentos

. . Nenhum comentário:

Há 3 anos em São Paulo, a Wood’s Bar reabriu as portas na última quarta-feira, 19 de fevereiro, depois de passar um mês em reforma, visando melhor qualidade dos amantes e até não amantes do sertanejo. A reabertura contou com a apresentação da dupla Jonathan e Maurício, que já é figurinha marcada na balada sertaneja.

Nas mudanças de estrutura da casa, a que mais destacou foi a escada de acesso ao camarote, que antes era estreita com degraus altos e agora está larga e com degraus mais baixos. Os sócios Rafael Setrak, Luiz Felipe Scarpa, Duda Cunha e o cantor sertanejo Sorocaba também ficaram de olho na segurança, sendo que agora há mais portas de saída de emergência e a capacidade da casa é de 1104 pessoas, não excedendo esse número.

Mas as novidades mesmo estão vindo da tecnologia. Junto com Luiz Feliipe Scarpa, Rafael Setrak contou que está prestes a apresentar dois aplicativos, um para evitar filas e outro focado na interação entre os baladeiros.

O primeiro trata-se de um programa onde você pode comprar o ingresso pela internet e, ao chegar na casa, não precisa pegar a fila da entrada. Já o segundo, seria uma versão do famoso Tinder (usado como um site de relacionamento para encontros), mas não aberto ao público, e sim apenas para quem está na casa, usando a rede wi-fi local e associado ao Facebook.

Outro projeto da Wood’s é a Wood’s Station. Segundo Setrak, a casa vai levar seus artistas para outras cidades do Brasil, como se fosse um festival sertanejo, mas não apenas com nomes grandes do estilo e sim de duplas e cantores que tocam nas casas que hoje, no total, somam 14 unidades, sendo que este ano ainda abrirão em Cuiabá e Brasília e acabam de inaugurar em Goiânia, com Marrone, da dupla com Bruno, e Cristiano Araújo, como sócios.


Sócios da Wood's Bar em São Paulo, Luiz Felipe Scarpa e Rafael Setrak


Sorocaba, que também é sócio da Wood's, conferiu a reabertura da casa

Fotos: Bruno Francco

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Siga-nos

Facebook

Newsletter

Translate